Devocional

O Coração Paciente

Escrito por JulioCozini

“Quem é tardio em irar-se é grande em entendimento; mas o que é de ânimo precipitado exalta a loucura.” (Pv 14:29)

O temperamento impulsivo e arrebatado é um problema para o ser humano, pois pode leva-lo a atitudes e ações que poderá, logo, se arrepender. Os impulsos positivos ou negativos, quando não controlados devidamente, conduzem o homem a atos e procedimentos que lhe trarão vergonha ou amargura cedo ou tarde.

Daí a profundidade do texto acima: o que controla a sua ira é grande em entendimento, em inteligência; o que se precipita em suas ações, exalta a loucura, ou como diriam os policiais: cometem atos tresloucados.

Gosto da versão da bíblia “A Mensagem” sobre este texto: “Quem tem entendimento sabe controlar a ira, mas quem se precipita só mostra estupidez.” (Pv 14:29)

O homem carnal, “velho homem” como diz a bíblia, é aquele que se deixa envolver pelas paixões da sua natureza humana, perdendo o controle sobre elas: se é o prazer, se torna um viciado, se é o espírito de liberdade, se torna um libertino; se é a ira, torna-se violento, brigão; se é ódio, torna-se um rancoroso e colérico.

O homem espiritual ou o “novo homem“, conforme a bíblia, é aquele que controla as suas paixões e sentimentos. Tem equilíbrio emocional. Não se deixa levar pelo entusiasmo fácil e momentâneo. Nem também pela ira ou raiva, que sabe controlar e atenuar.

Em Efésios 4:26, o apóstolo Paulo reconhece que a ira pode chegar ao coração do crente, mas que ele deve ter condições de resistir a ela. Quando Ele aconselha “irai-vos mas não pequeis” é incentivando-nos a controlar as nossas emoções, e não nos torna presas delas.

Como crente em Cristo Jesus revestimo-nos deste controle, e sejamos sábios e entendidos aos olhos do Senhor.

“Faz-me Senhor, resistir aos impulsos das emoções, reagindo a eles de forma controlada e equilibrada, para não ter do que me arrepender.”

Sobre o autor

JulioCozini

Pastor na Comunhão Cristã Verdade e Vida, professor no Centro de Estudos Verdade e Vida. Formado em Teologia e Engenharia de Telecom é casado, pai de dois filhos e apaixonado por Jesus Cristo!

Deixe uma resposta